Alcobaça: Outubro está rosa em Alcobaça. Durante o mês, as equipes de saúde intensificaram as ações de conscientização da campanha para o envolvimento das mulheres no combate ao câncer de mama e do colo de útero. As mulheres diagnosticadas com a doença recebem o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico, em unidades de alta complexidade em oncologia.

Dados estatísticos do Ministério da Saúde (MS) apontam que as mulheres com idade entre os 50 e 69 anos são os principais casos diagnosticados com o câncer de mama e do colo de útero. Esse é o público alvo da ação iniciada nesta segunda-feira (28), com 150 mulheres atendidas, diariamente, até o dia 6 de novembro.

O rastreamento do câncer é uma ação da Prefeitura de Alcobaça, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Governo do Estado da Bahia, por meio do Programa Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. O início da campanha contou com a presença do Prefeito de Alcobaça, Léo Brito; do Secretário de Saúde, João Dalmo; da Coordenadora da Atenção Básica, Ravenna Dantas; e da equipe da Secretaria de Saúde município.

A unidade móvel está estacionada na Praça da Igreja São Bernardo, no centro, em Alcobaça.  O atendimento começa às 7h e prossegue até às 18h. Para ser atendida, a mulher, deve levar um documento de identidade com foto, o Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e um comprovante de endereço no município.

O Secretário de Saúde de Alcobaça, João Dalmo, estima que, “cerca de 900 mulheres sejam atendidas nos próximos dias, com o atendimento, diagnóstico e tratamento agilizados através dessa grande ação”, destacou.

Para o Prefeito Léo Brito, "os mutirões realizados no município têm incluído um número cada vez maior de pessoas, principalmente, quem mais precisa dos serviços públicos, reduzindo as filas de espera e agilizando os atendimentos necessários”, destacou.

Por: Liberdadenews/Ascom


Câncer: a combinação de drogas que pode eliminar as células

Cientistas observaram que, misturando dois medicamentos, conseguiam resultados positivos para redução de tumores Uma equipe de cientistas acaba

Para as mulheres é mais difícil perder peso do que para os homens?

Na medicina, em geral, muito do que fazemos na prática é baseado em estudos realizados em homens', diz o pesquisador E. Dale Abel. Já aconteceu

Carreta de rastreamento do câncer de mama inicia atendimento

Teixeira de Freitas: Até o dia 7 de dezembro a Carreta de rastreamento do câncer de mama realiza atendimentos em Teixeira de Freitas. A unidade

Brasil reforça vacinação em 16 municípios de fronteira

Foco é ampliar cobertura vacinal contra sarampo e febre amarela O Ministério da Saúde deu início à segunda fase da campanha Movimento Vacina

Uso inadequado de antibióticos aumenta resistência de bactérias

Prática pode levar ao agravamento de doenças, alerta OMS O uso consciente de antibióticos requer a atuação de diversos atores, que vão desde

Ministério lança campanha para prevenir obesidade infantil

Alimentação saudável e atividade física são algumas recomendações O Ministério da Saúde lançou a campanha 1, 2, 3 e já! Vamos prevenir

Infecções sexualmente transmissíveis estão em alta no Brasil

Segundo a OMS, todos os dias são contabilizados no mundo mais de 1 milhão de casos de ISTs curáveis entre pessoas de 15 a 49 anos Todos os

9 em cada 10 mil homens tem câncer de próstata no Brasil

Doença mata 14 mil brasileiros por ano Nove em cada 10 mil tem câncer de próstata no Brasil, doença que é a segunda principal causa de morte

Começa hoje a segunda fase da vacinação contra o sarampo

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (18) em todo o país. As pessoas, na faixa etária

Segundo OCDE Brasil está entre últimos em ranking de gastos em

Os gastos per capita na área de saúde no Brasil estão entre os mais baixos entre 44 países desenvolvidos e emergentes, incluídos em um estudo

Nossos Apoiadores: