Primeira pessoa do mundo curada do vírus HIV, o americano Timothy Ray Brown (53), que em princípio era chamado de “paciente de Berlim”, revelou sua identidade no ano de 2010 e hoje atua para que outros possam também se curar. De acordo com informações da Folha de S. Paulo, Timothy venceu a Aids após passar por um transplante de medula óssea para tratar de uma leucemia. As células eram de um doador que possuía um gene pouco comum, associado à redução do risco de contrair o HIV.

Hoje ele é um ativista da causa, doando suas células para pesquisas e também no auxílio de grupos de pacientes com HIV ou pessoas que perderam seus entes queridos por causa da doença. “Não só sobrevivi ao HIV como estou curado, enquanto muitas pessoas já morreram. Não quero ser o único curado”, disse ele, em entrevista à Folha, na última quinta (11), um dia antes de palestrar em evento médico sobre o HIV, em São Paulo.

O desejo de Timothy pode ter sido atendido. No último mês a revista Nature divulgou o caso de um paciente de Londres que se curou do HIV há mais de um ano, também após um transplante de medula. Os pesquisadores, entretanto, ainda tratam o caso com cautela, o classificando como “remissão a longo prazo”. Com esta notícia, Ray Brown diz estar animado. “Até agora, essa era uma família [de curados do HIV] muito solitária, apenas eu. Estou muito feliz de ter novos irmãos”, afirmou.

Apesar destes casos de sucesso, segundo a publicação, esse caminho da cura é considerado pouco realista pela ciência, já que ambos os casos resultaram de transplantes de medula óssea em pacientes infectados, para tratar o câncer, não o HIV. Enquanto as drogas para controlar a infecção são eficazes, os transplantes são muito arriscados e têm efeitos colaterais severos.

Fonte: Bahia


Como identificar os alimentos que só parecem saudáveis

Cereais matinais com 'cara de nutritivos' entram na categoria alimentar dos ultraprocesados, considerada perigosa Nem tudo é o que parece ser.

Como exercício em excesso pode afetar coração, fígado e músculos

Exercícios intensos são altamente recomendados, mas precisam vir acompanhados de recuperação adequada, alerta especialista Já se sabe que

‘As doenças do século têm relação com o ruído’, diz

Confira entrevista completa com a arquiteta Débora Barretto Especialista em acústica e diretora técnica da Audium, a arquiteta Débora Barretto

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças?

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Comissão do Senado faz audiência pelo Dia do Orgulho Autista

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizou na manhã de hoje (18) uma audiência que tratou do

Adolescente de 16 anos morre de dengue em Irecê

Uma menina de 16 anos morreu de dengue, em Irecê, no norte da Bahia. O resultado confirmando a doença saiu nesta segunda-feira (17), de acordo

Saúde recebe 3 mil novas doses da vacina contra a gripe

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas, recebeu do Ministério da Saúde, via Secretaria Estadual de Saúde

Imunoterapia é aposta da medicina para vencer o câncer

Nos últimos anos, os avanços da oncologia revolucionaram a forma de tratar o câncer. Em 2018, dois pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de

Ministério da Saúde reforça necessidade da doação de sangue

Doação voluntária é importante para manutenção dos estoques Dezesseis brasileiros em cada mil são doadores de sangue, o que representa 1,6%

Sesab diz que parto normal é orientação preferencial, mas seguirá

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) reafirmou que seguirá eventuais alterações no protocolos do Ministério da Saúde para a realização de

Nossos Apoiadores: