Vítima de 63 anos era mantida em situação análoga à escravidão e obrigada a cuidar da mãe da mulher presa. Suspeitos ainda serão indiciados por estelionato e tortura.

A Polícia Civil prendeu, na madrugada desta terça-feira (25), um casal suspeito de manter uma idosa em cárcere privado por pelo menos 20 anos em Vinhedo (SP). A corporação recebeu uma denúncia de estelionato contra os suspeitos, mas, quando chegou à residência, encontrou a vítima. Ela era mantida em situação análoga à escravidão e obrigada a cuidar da mãe da mulher presa, de 88 anos, sem receber nenhum salário ou benefício pela função.

De acordo com a investigação, a mulher de 63 anos pediu ajuda para os agentes e, após achar a situação estranha, a polícia conduziu o casal até a delegacia para prestar depoimento. No local, foi descoberto que a família da vítima, que é de Colorado (PR), já havia registrado um boletim de ocorrência de desaparecimento.

Os suspeitos retinham o documento da mulher com eles e entregaram aos policiais na delegacia. A idosa vivia em dois cômodos sem acesso à rua e não tinha nenhum contato com o mundo externo. Ela veio do Paraná para o estado de São Paulo para trabalhar como empregada doméstica na residência do casal, primeiro em Campinas e depois em Vinhedo, mas nunca recebeu dinheiro por isso. A vítima também já foi agredida pelos criminosos.

"Ela não tinha contato com o mundo exterior. Ela tinha um isolamento social absurdo. Ela não saía da residência, não falava com ninguém a não ser com os autuados e com a senhora idosa", afirmou a delegada Denise Margarido.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o casal usava uma conta aberta no nome da idosa para aplicar golpes em comércios no bairro Vila João XXIII, em Vinhedo. "Eles abriram a conta com a justificativa de pagar o salário dela, mas nunca pagaram e começaram a dar cheques em lojas para praticar o estelionato", explicou a delegada.

O casal foi preso e será indiciado por estelionato, tortura e cárcere privado. Eles vão passar por audiência de custódia ainda nesta terça-feira. A mulher que era cuidada pela vítima estava muito debilitada e foi encaminhada para a Santa Casa de Vinhedo. Já a idosa que era mantida em cárcere privado foi levada para um abrigo municipal.

De acordo com a Polícia Civil, o casal e as idosas viviam em casas separadas, mas os suspeitos iam até a residência das mulheres todos os dias. A mulher tinha passagem por agressão na década de 1970 e o homem não tinha antecedentes criminais.

'Nunca tinha visto isso'

A assistente social que atendeu a vítima afirmou que ficou chocada com o caso e nunca tinha visto uma situação semelhante.

"Como ela vivia nesse isolamento social, ela não sabe onde ela mora, não sabe onde fica Vinhedo, que bairro é aquele", disse Giorgia Bezerra.

Fonte: G1


Mandante de crime contra investigador é preso no interior

Josevaldo Marques dos Santos, o “Meia noite”, foi preso, nesta quarta-feira (20), por equipes da 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do

Piloto de avião que caiu em Maraú recebe alta hospitalar

O piloto do avião bimotor que caiu em Maraú, no sul da Bahia, recebeu alta nesta quarta-feira, 20. Identificado como Aires Napoleão, de 66 anos,

Vídeo: Comerciante atira e mata com frieza moradora de rua

Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto A moradora de rua Zilda Henrique dos Santos Leandro, 31 anos, foi morta por

Polícia procura autor de homicídio em bar na Fazenda Coutos

Daniel Marinho, suspeito de matar Rodrigo Abreu a facadas, teve prisão solicitada; testemunhas dizem que crime foi motivado por homofobia A

Adolescente é morta enquanto dormia com namorado

A adolescente Isanete de Jesus Santos, 16 anos, foi morta na madrugada desta terça-feira, 19, em uma casa na Rua Flamengo, no bairro Gabriela, em

Feriado prolongado foi considerado tranquilo nas rodovias da região

EUNÁPOLIS: Nenhum acidente com morte foi registrado nas rodovias federais que cortam a região extremo sul da Bahia durante os quatro dias da

PM apreende menor e veículo com restrição de furto em Itamaraju

Na tarde de domingo (17), após denuncias dando conta de que um indivíduo, menor de idade, contumaz em práticas de atos infracionais, estaria

Centro de ritual pataxó na Bahia é incendiado

O centro de rituais do povo pataxó foi alvo de um incêndio na madrugada desta quinta-feira (14), em Porto Seguro, Bahia. Segundo o secretário da

Mulher fica presa às ferragens após colisão entre dois caminhões

Teixeira de Freitas: A colisão aconteceu na tarde deste último domingo, dia 17 de novembro, por volta das 14h30, na rodovia BR-101, em um trecho

Dois homens são presos por suspeita de estupro coletivo

Dois homens foram presos pela suspeita de participarem de um estupro coletivo na cidade de Ribeira do Pombal, a cerca de 270 km de Salvador. Os

Nossos Apoiadores: