O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou nesta terça-feira, 5, que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do pacto federativo deve promover transferência entre R$ 400 bilhões e R$ 500 bilhões a Estados e municípios nos próximos 15 anos. Segundo ele, os recursos serão direcionados aos entes para que possam aplicar em saúde, educação, saneamento e segurança, "tudo que o presidente, durante a campanha, propôs", disse.

As declarações foram dadas ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro, na entrega, por ambos, da proposta ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), no gabinete da presidência da Casa. O tema do pacto federativo, ainda de acordo com Guedes, não poderia ser mais apropriado para o Senado, "porque é uma transformação do Estado brasileiro". "Tem várias dimensões, tem a consolidação de uma cultura fiscal, uma cultura de austeridade, de sustentabilidade fiscal", citou.

O ministro acrescentou que, ao mesmo tempo em que garante finanças sólidas para a República brasileira, ocorre a descentralização de recursos para Estados e municípios, "de forma também a fortalecer a federação brasileira". Guedes citou ainda dimensões "auxiliares" do pacote fiscal que começa a ser apresentado hoje, como a reforma administrativa, o Estado de emergência fiscal e as privatizações. "São transformações do Estado brasileiro, para fazer políticas públicas de forma descentralizada".

O ministro agradeceu ao presidente Bolsonaro e a Alcolumbre a confiança e apoio dados à equipe econômica. Agradeceu também ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Fonte: Atarde


Bolsonaro vai trocar ministros da Educação, Turismo e Casa Civil

Ainda não se sabe quando o presidente vai realizar a troca dos três ministérios Um dia após afirmar que não iria mudar, "por enquanto", o

Deputada critica falta de políticas para mulheres chefes de família

A deputada estadual e pré-candidata à prefeitura de Salvador, Olívia Santana (PCdoB), afirma que é preciso discutir a sobrecarga que a mulher

PF mira suposta propina em troca de decisões da Aneel

Investigação iniciada na CGU aponta indícios de irregularidades em decisões de ex-diretor da Aneel que teria beneficiado empresas do ramo de

Governo libera FGTS para nascidos em junho e julho sem conta na Caixa

Calendário de saques segue até dezembro de 2019. Trabalhadores podem retirar valores até o dia 31 de março de 2020 Os trabalhadores sem conta

Prefeitura de Teixeira de Freitas irá instituir o estacionamento

Teixeira de Freitas: O prefeito Temóteo Brito autorizou a criação de áreas de estacionamento remunerado nas vias públicas, através do Sistema

Vídeo: Presidente Estadual afirma que Caio Checon é o único

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem recebeu um vídeo do presidente estadual do Solidariedade, Luciano Araújo, dizendo que Caio Checon

Câmara Municipal concede Moção de Congratulação ao Liberdade

Teixeira de Freitas: O Liberdade News, a TVLN e o jornalista e diretor da rede Liberdade de Comunicação, Edvaldo Alves, vêm colecionando

STF volta a julgar uso de informações fiscais e bancárias

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retomou na tarde de hoje (20) o julgamento, iniciado pela manhã, sobre se órgãos de controle que

Governo inclui leilão do 5G em nova lista de concessões e

O leilão das frequências do 5G no Brasil pode ser realizado no segundo semestre de 2021 O governo incluiu nesta terça-feira (19) mais 18 ativos

Black Friday deve movimentar R$ 3,67 bilhões, diz CNC

A Black Friday deste ano, marcada para o próximo dia 29, deverá movimentar R$ 3,67 bilhões. Esta é a previsão da Confederação Nacional do

Nossos Apoiadores: