Galo está há quatro jogos sem vencer na competição nacional

De volta ao Independência, o Atlético encara o Corinthians neste domingo, às 18h, para tentar voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. O último triunfo do Galo foi na 31ª rodada do Brasileirão, sobre o Goiás, por 2 a 0, no Mineirão.

De lá para cá, foram três empates, contra Cruzeiro (0 a 0), Fluminense (1 a 1) e Bahia (1 a 1), e uma derrota para o Athletico Paranaense (1 a 0).

Com contrato até o fim desta temporada, o técnico Vagner Mancini trabalha para melhorar seus números no comando do Atlético neste Brasileiro. O treinador tem apenas 36,66% de aproveitamento e projetou dificuldades para o duelo contra o Corinthians.

“É um jogo difícil, onde vamos ter que estudar bem o adversário. O Coelho já fez algumas alterações na equipe, na forma de jogar. Hoje vemos uma linha de quatro que não fica tão postada, que sai um pouquinho na marcação. Houve uma mudança de cenário tático. Isso tudo temos que entender. Assim como o Atlético também deve ter modificado alguma coisa após a minha chegada. Isso tudo são encaixes. O que digo aos atletas é que aquele time que fizer melhor a leitura, mais rapidamente, tem chance de sair na frente”, disse o técnico atleticano em entrevista coletiva nessa sexta, na Cidade do Galo.

Em busca da tranquilidade

Na 14ª colocação, com 42 pontos, o time ainda não está matematicamente garantido na Série A do ano que vem. Entretanto, as chances de queda são mínimas: 0,08% segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais.

De acordo com a diretoria alvinegra, 16.021 ingressos foram vendidos para o confronto contra o rival paulista. A intenção era mandar o jogo mais uma vez no Mineirão, porém o estádio será palco de um show do cantor Thiaguinho neste domingo, às 14h.

Rivalidade histórica

No primeiro turno, o Atlético fez uma boa partida na Arena Corinthians, mas acabou sendo derrotado por 1 a 0, após um erro de Cleiton. O goleiro atleticano havia feito intervenções importantes no jogo, mas acabou errando uma cobrança de tiro de meta e entregando a bola para Mateus Vital, que serviu Gustagol para marcar aos 42 minutos do segundo tempo.

Galo e Timão já protagonizaram confrontos marcantes ao longo da história. Os paulistas levaram a melhor na final do Brasileirão de 1999 e na Libertadores de 2000, quando eliminaram os mineiros nas quartas de final com uma vitória por 2 a 1 no Pacaembu. O jogo da volta, no Mineirão, teve arbitragem extremamente questionável do brasiliense Luciano Almeida, que deixou de marcar um pênalti claro sobre Cleisson no primeiro tempo.

O troco do Atlético veio nas quartas de final da Copa do Brasil de 2014. Após perder por 2 a 0 em Itaquera, o Galo venceu no Mineirão por 4 a 1 e seguiu embalado na competição até conquistar o título.

Os rivais se poderiam ter se encontrado novamente na final da Copa Sul-Americana deste ano, porém nenhum dos dois chegou à decisão, como lembra Vagner Mancini, se mostrando conhecedor da história do confronto.

“Eu não estava no Atlético, mas escutei muito que essa seria a final da Sul-Americana. Acabou não acontecendo, mas já existe um peso das camisas. Já existe entre os atletas uma certa rivalidade contra alguns times. Não que isso torne o jogo extremamente perigoso. Ao mesmo tempo, são equipes que se respeitam e que jogam futebol, que tentam vencer”, afirmou o treinador.

Reencontro com velho conhecido

Antes recém-contratado técnico Thiago Nunes assumir o Corinthians, a equipe segue sendo comandada por Coelho, que defendeu o Atlético de 2007 a 2010. Conhecido pela ótima batida na bola, o ex-lateral-direito fez 91 partidas com a camisa do Galo e marcou 13 gols

Para o jogo deste domingo, Coelho terá dois possíveis desfalques. O lateral esquerdo Danilo Avelar e o meia-atacante Pedrinho são dúvidas e devem ser reavaliados antes da partida. Curiosamente, ambos se recuperam de dores nos ombros.

A provável escalação do Timão para este domingo é Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto (Danilo Avelar); Gabriel e Júnior Urso; Janderson, Mateus Vital (Pedrinho ou Jadson) e Clayson; Boselli.

O Corinthians vem de vitória por 3 a 0 em casa sobre o lanterna e já rebaixado Avaí. O Timão ocupa a 6ª colocação no Brasileirão, com 53 pontos.

ATLÉTICO X CORINTHIANS

Atlético:  Cleiton, Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair (Zé Welison) e Luan; Marquinhos (Chará), Cazares e Otero; Di Santo.

Técnico: Vagner Mancini

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto (Danilo Avelar); Gabriel e Júnior Urso; Janderson, Mateus Vital (Pedrinho ou Jadson) e Clayson; Boselli.

Técnico: Dyego Coelho

 Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Independência

Data e horário: Domingo (01/12/2019), às 18h

Árbitro: Paulo Roberto Alves (PR)

Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta (PR)

Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Atleticanos pendurados: Leo Silva, Maidana, Fábio Santos, Lucas Hernández, Zé Welison, Luan, Otero, Vinícius e Di Santo

Fonte: Superesportes

Flamengo enfrenta Boavista e anuncia transmissão do jogo

Recurso jurídico, no entanto, pode ser aceito e impedir a veiculação Já classificado para as semifinais da Taça Rio - segundo turno do

Atletas de seleção buscam parcerias para se manterem em forma

Três mulheres criaram meios próprios para treinar durante a pandemia Com duas Paralimpíadas no currículo - Londres 2012 e Rio 2016 - e mais de

Em fim de contrato, jogadores têm futuro incerto no Bahia

Arthur Caíke está perto de deixar o clube; Ramires, Matheus Silva e Everson podem voltar Os próximos dias vão ser de definições no Bahia.

Jogador do Cruzeiro passa bem após acidente de carro

Volante Henrique foi anunciado nesta semana como reforço O volante Henrique, do Cruzeiro, passa bem após acidente automobilístico sofrido na

Futebol: Brasileirão 2020 pode começar em 9 de agosto

Data saiu após reunião com dirigentes de clubes das séries A e B A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após reunião virtual com

Basquete: Nova temporada é prevista para 14 de novembro

Lista só sai em setembro, mas times já movimentam mercado A temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB), campeonato nacional masculino

Liverpool goleia e fica perto de ser campeão inglês

Reds poderão festejar título caso o Manchester City não vença amanhã O Liverpool venceu hoje (24) com goleada  e somou mais três pontos na

Criatividade marca os treinos de esgrimista durante a pandemia

Na briga pela vaga em Tóquio, Bia Bulcão monta um boneco em casa A esgrimista brasileira Ana Beatriz Bulcão, de 26 anos, também conhecida como

Barcelona retoma liderança no Campeonato Espanhol

Messi não faz o gol 700 da carreira, e croata Rakitic garante vitória A vitória do Barcelona sobre o Atlético de Bilbao foi magra  – 1 a

Paratleta se divide entre combate à covid-19 e treinos de esgrima

A esgrimista também é fisioterapeuta em CTI no Rio de Janeiro Dentro do paradesporto, Fabiana Soares é a atleta brasileira melhor posicionada

Nossos Apoiadores: