Uma medida desesperada pode parecer inicialmente inofensiva: mentir no currículo. No entanto, pode acarretar diversos problemas ao longo do tempo, até mesmo envolvendo a Justiça. A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara de Deputados há seis anos rejeitou um projeto de lei que tinha como proposta tipificar como crime a falsificação de currículos. A justificativa utilizada é de que a falsificação de currículo poder ser enquadrada no artigo 298 do Código Penal, que prevê reclusão, de um a cinco anos, para quem falsificar documento particular. 

Descobertas de divergências de informações no documento pode prejudicar a imagem do profissional e ainda resultar em demissão por justa causa, mesmo não tendo uma Lei estabelecendo que mentir no currículo é crime. Diante disso, decisões recentes da Justiça sobre mentiras no currículo têm dado parecer favorável a demissão do funcionário por justa causa quando são identificadas mentiras sobre conclusão do ensino médio, por exemplo.

Mesmo quando não há uma falsificação direta de documento exagerar nas informações do currículo ou passar dados que não condizem com a realidade, como o tempo de experiência, pode acarretar problemas para o profissional. Caso consiga o cargo, em algum momento será cobrado conforme as descrições em seu currículo.

Experiência profissional

A insegurança de competir com profissionais mais experientes pode levar o candidato a inventar em seu currículo. Para evitar enfrentar maiores problemas posteriormente, uma dica é criar um currículo de recém-formado para profissionais sem experiência que impressione os recrutadores e auxilie na busca pela vaga desejada. 

Uma dica para aqueles que já possuem uma graduação é investir no maior número de especializações e cursos. Para isso, é possível contar com a ajuda do Educa Mais Brasil. O programa educacional já possui 15 anos de atuação e já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes. Acesse o site do Educa Mais Brasil e confira todas as oportunidades, é possível conseguir descontos de até 70% e ainda não cometer nenhum deslize.

 Fonte: Agência Educa Mais Brasil


Sisu 2020: inscrições serão liberadas em janeiro; confira

Período vai de 21 a 24 de janeiro de 2020 Entre os dias 21 a 24 de janeiro de 2020, candidatos podem cadastras as suas opções de cursos no

Mostra Cultural da Casa da Cultura começa nesta sexta (06)

Casa da Cultura prepara Mostra Cultural para esta sexta (06) e sábado (07) Dedicada inteiramente a Cultura, as mostras Culturais funcionam como

O que é avaliado no Pisa, exame que o Brasil não está avançando

Exame internacional tenta avaliar, em 79 países e economias, capacidade de estudantes de 15 anos em analisar textos e aplicar conceitos matemáticos

Nota baixa: Brasil fica abaixo da média em avaliação do Pisa

Estudantes foram avaliados nas disciplinas de literatura, matemática e ciências As pontuações médias obtidas por estudantes brasileiros

Jubileu de Prata Dourada do Colégio Henrique Brito: 42 anos de

Teixeira de Freitas: “Deve haver um lugar dentro do seu coração / Onde a paz brilhe mais que uma lembrança / Sem a luz que ela traz já nem se

"Culpa é do PT", diz ministro da Educação sobre desempenho no Pisa

Abraham Weintraub reforçou que o exame foi feito em 2018. Brasil ficou em último lugar na classificação em matemática O ministro da

Governo deve publicar nova Política de Educação Especial

Assunto divide especialistas O governo se prepara para publicar um decreto alterando a Política Nacional de Educação Especial. A informação

Decreto que institui Programa ‘Ciência na Escola’ é publicado

O Programa Ciência na Escola que, entre outras medidas, objetiva aprimorar o estudo de ciências nas escolas de educação básica, estimular o

2% dos alunos brasileiros têm nota máxima em avaliação

Pisa 2018 foi aplicado em 79 países a 600 mil estudantes de 15 anos O Brasil teve uma leve melhora nas pontuações de leitura, matemática e

SEC BA orienta sobre devolução de livros didáticos

Com a aproximação do final do ano letivo da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado orienta as unidades escolares sobre a

Nossos Apoiadores: