Cerca de 60% dos jovens brasileiros são favoráveis ao aumento dos investimentos do país na ciência, foi o que revelou uma pesquisa divulgada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O estudo diverge dos cortes orçamentários para projetos científicos, como exemplo, a provável suspensão das bolsas do CNPq.

A pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia, voltada para a Comunicação Pública com pessoas entre 15 e 24 anos, mostra ainda o tipo de interesse dos jovens brasileiros na ciência: 80% disseram que se interessam pelo meio ambiente, 74% por medicina e saúde e 67% por ciência e tecnologia.

Estudante da Escola SESI, Fernanda Marinoski, 15 anos, se descobriu na área científica quando assistiu à apresentação sobre o projeto de iniciação cientifica. “Lá somos estimulados a ter mais responsabilidade e nossa criatividade é explorada ao extremo”, pontua. Marinoski, que estuda o 1º ano do ensino médio, iniciou no projeto no curso de inovações tecnológicas em maio deste ano. “Eu e meu grupo estamos em período de formação, que dura um semestre. Nesses seis meses aprendemos o básico: manusear ferramentas, programação, trabalhamos muito com placas do tipo arduíno e etc”, explica sobre a formação que é imprescindível para começar a realizar pesquisas na área.  A aluna da Escola SESI ainda está construindo a sua ideia de linha pesquisa, mas já tem certeza do que quer do futuro. “Meu objetivo é concluir o curso e me formar em engenharia mecânica”, planeja Marinoski. 

Na Escola SESI-BA, os estudantes aprendem a construir seu conhecimento a partir da pesquisa em iniciação científica, empreendedorismo e tecnologia. De acordo com o especialista responsável pela Iniciação Científica na rede SESI Bahia, Fernando Moutinho, os desafios e problemáticas do cotidiano dos alunos são utilizados como base para desenvolvimento. “O maior interesse de nossos estudantes está voltado para as áreas de ciências da natureza e matemática, como biotecnologia, programação computacional, robótica e engenharia. No entanto, também temos projetos de pesquisa desenvolvidos em outras áreas como ciências humanas e linguagens”, observa Moutinho.

Eventos Científicos

Os estudantes da Escola SESI participam das principais feiras de iniciação científica nacional, como a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE, USP - São Paulo/SP) e a Mostra Brasileira e Internacional de Ciência e Tecnologia (MOSTRATEC, Fundação Liberato, Novo Hamburgo/RS).

“No ano de 2018, conquistamos duas vagas na delegação brasileira para representar o Brasil na maior Feira de Iniciação Científica do mundo, a Feira Internacional de Ciências e Engenharia Intel (International Science and Engineering Fair, INTEL-ISEF) realizada anualmente nos Estados Unidos”, pontua Moutinho. As participações rendem premiações como bolsa de iniciação científica júnior do CNPQ, credenciais em Feiras Nacionais e Internacionais, além de prêmios como tablets, medalhas, troféus e certificados.

Agência Educa Mais Brasil


Qualificação: programa capacita jovens para se tornarem professores

O programa Ensina Brasil é uma iniciativa que tem como objetivo a qualificação de jovens para se tornarem professores da rede pública de

Inscrições para pré-seleção do Bolshoi seguem até 25 de agosto

Teixeira de Freitas: pouco mais de um mês para chegar ao fim as inscrições para a pré-seleção da Escola de Teatro Bolshoi que irá acontecer

Enem 2019: temas de noticiários podem estar presentes no exame

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 está se aproximando. E, de acordo com um levantamento realizado com a ajuda de alguns cursinhos

Teixeira: Escola Irmã Dulce é totalmente reformada e ampliada

Teixeira de Freitas: Para simbolizar a entrega das melhorias nas escolas Irmã Dulce, Joaquim Muniz e João Mendonça, o prefeito de Teixeira de

Embaixadora da paz: Educadora baiana Maribel Barreto será

O branco na roupa anuncia uma atitude que vai além das vestimentas. A educadora baiana Maribel Barreto é conhecida e reconhecida internacionalmente

Bolsas para pesquisa estão sendo ofertadas na América Latina

Estudantes de mestrado, doutorado e orientadores de universidades da América Latina que fazem pesquisa em Ciência da Computação, Engenharia e

Mentir no currículo: saiba quais os riscos dessa prática

Uma medida desesperada pode parecer inicialmente inofensiva: mentir no currículo. No entanto, pode acarretar diversos problemas ao longo do tempo,

Prouni 2019.2: candidatos devem manifestar interesse dia 15 de julho

Os candidatos que se inscreveram no Programa Universidade para Todos (Prouni) do segundo semestre de 2019 e não foram contemplados na chamada

Estudantes têm até hoje (12) para complementar as informações do

Os selecionados na segunda edição do Fundo de Financiamento Estudantil 2019 têm até hoje (12) para complementar a inscrição na página do

MEC divulga nesta terça resultado do Fies

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta terça-feira, 9, o resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) juro zero e do

Nossos Apoiadores: